Páginas

quinta-feira, 29 de outubro de 2015

Bateufeels 4

Olá pessoas! 

Nessa postagem quero falar sobre um jogo que eu gosto muito, um jogo que é muito maravilhoso, é muito lindo, viciante, é muito tudo. Sim, é ele mesmo, Battlefield 4. 





A primeira vez que eu joguei ele, ainda no Xbox 360 que eu tinha, foi muito marcante. Meu console era destravado (sim, eu contribuía com a pirataria, e não me envergonho), então eu podia comprar os jogos assim que saíam. Ganhei o Battlefield 4 e o Call of Duty Ghosts naquele lindo dia, e apesar de eu ser fã da franquia CoD eu quis testar primeiro o BF. Quando coloquei, iniciei o jogo, e ele começou, meu Deus do céu Berg, o que era aquela música? Aquele sonzinho... não acreditei. Total eclipse of the heart da Bonnie Tyler! Sim, nada mais, nada menos do que uma das músicas que eu mais gostava. Naquele momento eu soube.... eu soube que a Dice preparou esse jogo pra mim. :') 


Mas enfim, agora jogo no Ps3 e, apesar de eu ter gostado da campanha do BF4 (não podia jogar o multiplayer), eu era, digamos que uma fanboy (ou fangirl?) de Call of Duty então as chances seriam de comprar o COD AW, que eu havia jogando a campanha e gostado bastante, mas fui levada para o lado negro da força (que todos sabem que é o melhor), e adquiri o precioso e mais fodástico BF. 


Devo dizer que quando comecei a jogar o multiplayer fiquei muito perdida, e parei por algum tempo, acredito que lá pro level 20. Não tinha perspectiva nenhuma de arma, jogava com qualquer uma, muito menos de movimentação em jogo. Permaneci nessa noobice por tanto tempo que a minha porcentagem de derrota/vitória hoje é irrecuperável, 40%, sendo a média em torno de 55%. 


Mas enfim, o que eu queria falar aqui é algumas dicas, se é que estou no direito, diante da minha inexperiência. rsrs 


Primeiramente, CLASSES.

Não sei como funciona o multiplayer de outros FPS, mas no Battlefield, há 4 classes pro jogador escolher: Assalto, Engenheiro, Suporte e Batedor

Assalto

- Me revive aí cara.

É a famosa classe dos médicos. Nela há lançadores de granada, desfibrilador, kit médico, entre outros. O recomendado é que você se equipe com o desfibrilador e o kit médico, pra ajudar seus coleguinhas, e também você. Caso contrário te jogarão pedras por ser um médico ruim. rs 


É a classe que, pelo que eu vejo, é mais escolhida pelos jogadores, por ter duas armas com os maiores danos do jogo: AEK e a SCAR-H. Realmente essas belezinhas são sensacionais.

Mas, pra quem tá começando, inicialmente terá em mãos a AK-12, a faca Baioneta; para os equipamentos, alguns lança-granadas que são muitos (como o sem-vergonha do M320 que faz um estrago nos servers hardcore), pacote de primeiros socorros (diferente do kit médico) e a pistola P226 (uma bosta). 
Com a AK-12 não terás dificuldade pra desbloquear as outras armas da classe assalto porque ela é uma delicinha também, dá pra matar rápido e sem estresse, o importante é começar jogando no servidor dos novatos pra não levar esculacho dos veteranos e querer largar a vida de BF como quase aconteceu comigo. 

Depois de meter chumbo na cara dos inimigos, e acumular bastante pontos, você irá desbloquear outros acessórios. Quando chegar na vez do desfibrilador, aconselho a equipar-se com o mesmo, e por que? Além de você ajudar o time, poderá fazer MUITOS pontos reanimando os companheiros. Um kill normal que você faz são 100 pontos, e caso você reviva alguém com 100% de life, são 100 pontos também. Então se não consegue matar, invista em reanimar :) 


Outra dicazinha básica: esquente o desfibrilador antes de reanimar os parceiros. Quanto mais tempo você segurar o R1 + L1 (no caso do PS), com mais vida o pobre infeliz vai ficar. Se você chegar e apenas pressionar rapidamente esses botões, pode revivê-lo com 20 de life, e as chances do coitado morrer de novo são muitas.

Outra coisa, se um cara do seu time morre, antes de correr pra reanimá-lo, tenha certeza que o meliante que o matou já esteja morto ou bem longe do lugar, pra evitar que o mesmo mate o recém-vivido e até você, sendo aí tudo em vão. Ok? Seja um bom médico. 

Engenheiro

- Allahu Akbar!

Essa é a classe ideal para jogar em mapas grandes (que são praticamente todos em BF4), com muitos veículos (tanques, helicópteros, jatos). É a classe que derruba tudo, que destrói tudo. Inicialmente começa com a Mx4 que eu considero muito boa, dá pra progredir com ela tranquilamente. De arma secundária, assim como nas outras classes, temos a pistola P226, e de acessório, a ferramenta de reparo pra arrumar os veículos aliados, lançadores de foguete (RPG), e mísseis teleguiado (FIM-92 Stinger, SA-18 Igla, etc), minas. 


Pra mim, as três primeiras armas (incluindo a Mx4 que já vem de início) são as melhores da classe: PP-2000 e UMP-45. Todas três possuem pouco recoil, o que ajuda muito na hora de matar as inimigas. 


Pra upar nessa categoria, basta destruir muitos veículos, blindados, aéreos, e sempre usar a ferramenta de reparo pra ajudar o time - e quem sabe matar aquele camper amador, hehe. 



Suporte

- Esse dá TUDO, menos munição!

O que falar dessa classe que eu mal conheço e já considero pakas? 

É simplesmente a minha preferida e eu direi porquê.
Vou ser sincera, sou ruim de mira, e era uma noob no jogo, não matava ninguém era muito frustrante, até conhecer a gloriosa e magnífica MG4! Essa belezinha tem 200 balas no pente, 800 de cadência, e com um bom supressor? GG. 

A classe Suporte é pra quem gosta de rushar. É pra quem curte os filmes do Rambo mesmo! Pra quem é macho! (brinks). 

Assim como a classe Assalto ajuda o time fornecendo kit médico, quem pega suporte também ajuda dando munição ao time, principalmente aos engenheiros que usam muito RPG, Stinger, etc, e aos snipers. 


Além da caixa de munição, depois de upar bastante com essa classe, você tem disponível, dentre vários equipamentos, os explosivos C4 e as claymores - que eu particularmente amo!. 


As armas de suporte geralmente tem mais balas que das outras classes, como a M249 e a MG4, que são nada menos que 200 projéteis a disposição. Você não precisa se preocupar em matar um e recarregar, ou chegar naquele grupinho de costas e tentar economizar bala pra levar todo mundo pro inferno - é chegar, fechar os olhos e atirar, hahaha, brincadeira - mas nesse momento uma ML bem usada faz um grande estrago. 


Batedor

 - O inútil

Ao contrário do que muitos dizem, snipers não são inúteis, tenho muito respeito por esses campers com nome diferente (brincadeira, não me agridam!)


Primeiramente, você começa com a CS-LR4. É um bom fuzil de precisão, acredito que dê pra desbloquear mais armas e acessórios com ela numa boa, apesar de não considerá-lo um dos melhores. 

Os equipamentos que podem e VÃO ser úteis pra jogar de sniper são: Sinalizador de rádio, e STTnT. Por quê? Se você está num mapa grande, precisa andar muito até encontrar um lugar alto, e com boa visibilidade do resto do mapa; então se você morrer, o sinalizador vai te proporcionar dar respawn lá no meio do nada sem necessidade de andar tudo de novo até chegar no lugarzinho especial. O STTnT é um sensor de movimento terrestre. Acredite, esse bagulho salva vidas! Se alguém chegar por uma outra rota para te dar uma facada surpresa, vai aparecer o indivíduo no teu minimapa. 
Outros acessórios disponíveis é o PLD, usado pra marcar os alvos (uma espécie de binóculos haha), o V.A.M que é um pequeno veículo aéreo, que você controla e marca alvos inimigos, Sensor de movimento arremessável, C4 e Claymores.

Acredito que diferente de outros FPS, pra jogar de sniper em BF4 você precisa de muitas técnicas, por exemplo, a uma longa distância, se você mirar exatamente na cabeça do inimigo e atirar, o tiro provavelmente vai pegar no pé dele, ou talvez nem acerte, isso porque a distância interfere, talvez o clima (vento?); então nesse caso tem a necessidade de calibrar o fuzil pra ter um HS perfeito.


Bom acho que isso é tudo.

Pretendo ainda, em futuras postagens, dar umas dicas pra quem quer upar rápido, chegar à tão sonhada patente 140 sem perder muito tempo.

quinta-feira, 26 de junho de 2014

Shingeki no Kyojin


Sinopse:
A humanidade se viu no terror de seres gigantes, chamados Titãs, que aparentemente tem como objetivo devorar humanos, mesmo não necessitando de alimentos, e depois de quase ser extinta, para se proteger dos ataques, foram criadas 3 muralhas: Maria, Rose e Shina, que deu paz à humanidade, por aproximadamente 100 anos.
Dentre as muralhas Maria, numa vila, mora a família de Eren com sua amiga Mikasa. Eren sonha em fazer parte da tropa de exploração e sair da proteção das Muralhas para descobrir o mundo afora, e encontrar o segredo que acerca os vilões da humanidade: os titãs. 
No entanto, ao ano de 455, surgiu um Titã gigante (maior que o normal) e destruiu a muralha, para que os outros pudessem invadir. Nesse 'evento', a mãe de Eren é devorada por um deles, nascendo aí um grande desejo de vingança.

Cabo Rivaille, sexy como sempre.
Análise
Eu já tinha escutado muito falar desse anime, porque realmente fez muito sucesso, mas nunca havia me interessado para assistir, ou ler o mangá. Quando li a sinopse, também não me surgiu grande interesse, até porque, com um enredo assim já é possível imaginar uma história um tanto clichê, sobre o garoto que vê a mãe sendo morta por criaturas gigantes e misteriosas, e busca vingança, ultrapassando todos os limites de suas forças para seguir o objetivo, e tal, porém não é bem assim...

Até agora são 25 episódios, e desde o primeiro, quando eu comecei assistir, não consegui parar. Esse é o tipo de anime que te prende no enredo, e não tem aqueles episódios parados, quase-fillers, que tenta segurar para uma grande ação... Todos os episódios tem sua importância, e é repleto de ação, com ou sem a luta contra os titãs. 

O fato que me interessou muito foi os personagens... Não é aquele típico anime, que apenas os protagonistas se destacam, e tem a personalidade admirável. Acredito que o preferido da maioria não é o principal, Eren, como esperado, mas ele não se torna aquele mocinho chato, que você sabe que é o principal mas que não faz nada (como o Ganta, de Deadman Wonderland)
Outro detalhe importante é que Eren, apesar de seu grande desejo por vingança, não se deixa sempre levar por essas emoções... O anime apesar de mostrar muito o lado emocional dos personagens, ele é bem voltado pro racional... cada personagem mostra suas habilidades e personalidade, o que influencia em suas escolhas, nem sempre corretas. 
A maioria dos personagens, senão todos, tem uma personalidade marcante, seus problemas pessoais, seus medos e desejos bem definidos. Isso faz com que seja mais fácil se apegar à eles, mas uma dica... em SnK, não é uma boa ideia! 

Titã colossal
É legal porque não se sabe nada sobre esses inimigos que pode, com toda certeza, acabar com a humanidade. Vão descobrindo técnicas e pontos fracos dos titãs, mas não se sabe o porquê surgiram, de onde surgiram e como acabar com eles, simplesmente porque a população vive confinada dentro das muralhas, exceto a tropa de exploração, que são até mal vistos pelas pessoas, já que eles podem atrair os titãs até as muralhas.
Mostra-se a hipocrisia das pessoas e do governo em relação à isso... o frequente descaso das autoridades com o que seria bom para a humanidade, simplesmente porque vivem no lugar mais seguro (dentro da muralha Shina).

Para os soldados recém-formados, há três escolhas de tropas: a Polícia estacionária, que cuida dos arredores das muralhas, e ajuda no combate aos titãs caso apareçam; Tropa de exploração, que sai das muralhas em busca de informações sobre as criaturas misteriosas; e Polícia Militar, que fica dentro da muralha Shina, cuidando da proteção do rei - para essa tropa, é necessário estar entre os 10 melhores no treinamento. 
É nessa parte também que é mostrada bem de perto a realidade, das pessoas que buscariam entrar nessa última tropa, apenas para viver na mordomia e segurança do rei, descartando a possibilidade de um ataque, e desconsiderando a vida das pessoas que estão tentando tornar o mundo mais seguro, livre dessa grande ameaça. A maioria fazendo essas escolhas lideradas pelo medo, de estar com essa criatura medonha frente a frente! 

E como eu não poderia deixar de citar... a trilha sonora! 
A primeira abertura pra mim foi a melhor, muito marcante mesmo, mas a segunda também. Sem contar as músicas de encerramento, e as que aparecem em cenas de lutas, e principalmente momentos tristes do anime. 

Concluindo... Não erro em dizer que esse anime foi um dos melhores que assisti recentemente. É uma história com várias cenas tristes, porém empolgante, que prende do início ao fim. 
Se bem que ainda não temos um fim (espero!).

O mangá até agora tem 45 edições, sendo que o anime tem 25 episódios. 
Quero ressaltar que, apesar de haver uma continuação para a história, e bastante segredos a desvendar, esse "último episódio" não deixou muito a desejar para os fãs, pelo menos pra mim. Foi um 'fim' um tanto satisfatório, mesmo sabendo que há continuação.

E pelo que vi no mangá, essa história que dará continuação para a possível 'segunda temporada' continua tão boa quanto estava, sem perder o ritmo empolgante!

Enfim, é isso. 

Assista online: Anitube

domingo, 27 de abril de 2014

Entenda como funciona o ENEM


Quando se chega no Ensino Médio é normal começar a pensar no que irá fazer depois que terminar o colégio. A resposta é logo 'Trabalhar', mas para conseguir um bom emprego hoje em dia é fundamental ter no currículo uma Faculdade, da área em que se interessa, mas para isso precisa passar no Vestibular, ou ENEM, dependendo onde desejas estudar.

O ENEM (Exame Nacional do Ensino Médio) é uma prova, em que, com a sua nota, poderá se inscrever no SISU (Sistema de Seleção Unificada) e dependendo dela [da nota], entrar numa Faculdade Pública OU pelo ProUni (Programa Universidade para Todos), para faculdades particulares. 

Como funciona o SISU? 
Após realizar a prova do ENEM, abrirá as inscrições para o Sisu. Os alunos deverão se cadastrar, e escolher o curso na universidade em que deseja estudar [Lembrando que não são todas as instituições que aceitam esse exame como método de avaliação. Algumas universidades se utilizam de um Vestibular próprio). 
O candidato poderá mudar o curso várias vezes, valendo apenas a última inscrição.
Por exemplo, no primeiro dia determinadas pessoas se cadastram num curso, de uma universidade. Ali, no final, vai ser determinada a nota de corte, que nada mais é que a nota preenchida na última vaga do curso. As pessoas que ficaram fora dessa seleção, poderá no dia seguinte escolher outro curso para se inscrever, ou até o mesmo, já que a nota de corte pode ser outra. A seleção valerá apenas no último dia, que será definido as listas oficiais da matrícula. 
Haverá outras chamadas, de acordo com o número de candidatos que não forem efetivar a matrícula no tempo estipulado. 

Como funciona a prova do ENEM?
Geralmente em Maio é aberta as inscrições para a prova, e no final do ano (normalmente em Outubro) ocorrerá a prova. 
Os participantes cadastrados receberão uma carta informando o local e a data da prova, que acontecerão em 2 dias seguidos. 
São 4 matérias a serem avaliadas: 
- Ciências da natureza e suas tecnologias 
- Ciências Humanas e suas tecnologias
- Matemáticas e suas tecnologias
- Linguagens, códigos e suas tecnologias
No primeiro dia, haverá 90 questões, 45 para cada matéria do dia (Ciências Humanas, e Ciências da Natureza). O tempo para realizar a prova atualmente é de 4h30m. 
No segundo dia, são as matérias restantes (Matemática e suas tecnologias, e Linguagens, códigos e suas tecnologias), mais a redação! São 45 questões para cada matéria. O tempo de prova é de 5h30m. 
As questões são divididas em níveis "fácil, médio e difícil" por isso não há um valor exato para cada questão. 
As 45 questões de cada matéria vão de 0 a 1000 pontos, assim como a redação. 

Detalhe: Com a nota do Enem, você poderá obter o Certificado do Ensino médio, caso ainda não tenha terminado, mas é necessário que tenha no mínimo 18 anos completo até a data de inscrição. Para conseguir, basta obter mais de 450 pontos em cada matéria, e mais de 500 na redação. 

Taxa de Inscrição:
A taxa de inscrição para esse ano de 2014 é de R$ 35,00.
Estudantes estão isentos da taxa, e pessoas que não tem condições podem recorrer, pedindo também a isenção.
Saiba como, aqui.

Datas de Inscrição para 2014:
12 de Maio à 26 de maio. 


Mais detalhes:

domingo, 2 de março de 2014

Plano de Estudos - Parte III

Matéria: Biologia

Os assuntos que mais caem no Enem sobre Biologia são:
- Evolução
- Meio Ambiente
- Ecologia
- Anatomia Humana e Animal
- Genética
- Doenças
Não necessariamente nesta ordem.

Vou listar aqui assuntos que estão dentro desses temas, para facilitar os estudos.
- Principais substâncias orgânicas e inorgânicas
- Vitaminas 
- Código Genético
- Fotossíntese
- Fisiologia Celular
- Respiração Celular
- Teoria endossimbiótica
- Divisão celular
- Mitose e Meiose
- Histologia
- Tecidos vegetais e animais
- Dupla hélice do DNA
- Síntese de proteínas
- Gene: Estrutura fundamental da vida
- Mendel e Darwin
- Cruzamento-teste
- Cromossomos
- Transgênicos
- Biotecnologia
- Teoria da Evolução
- Darwin e Lamarck
- Fósseis
- Vírus e Bactérias
- Briófitas
- Angiospermas e  Gimnospermas
- Artrópodes
- Reino Animal
- Verminoses
- Protozooses
- Anatomia abdominal
- Músculos e Ossos
- Fome e subnutrição
- Reprodução humana e hormônios
- Consumo de drogas
- Saúde e meio ambiente
- Dinâmica de populações
- Fluxo de energia e ciclo de matéria
- Poluição da água
- Vazamento de petróleo
- Anexos embrionários
- Hormônios e reprodução
- Quatro ciclos biogeoquímicos
- Hormônios vegetais
- Botânica: reprodução vegetal
- Metabolismo energético
- Bioquímica da vida

Essa lista foi tirada desse site [Uol Vestibular] que inclusive tem um ÓTIMO conteúdo programático não só dessa matéria, mas de todas que serão necessárias para o enem e vestibulares. Coloquei aqui, para ficar mais fácil visualizar.
Cada tópico desses (no site acima) vem acompanhado de textos e explicações, e alguns de quiz, para saber se você está realmente por dentro do assunto depois de tê-lo estudado.

Para mais detalhes sobre assuntos que caem no vestibular sobre BIOLOGIA, clique!

sábado, 1 de março de 2014

Plano de Estudos - Parte II

Assunto: Química - Misturas Homogêneas e Heterogêneas

Assim como esse e muitos outros temas a seguir, eu vou mostrá-los mais por vídeo-aulas, que encontro Youtube; vídeos que me ajudaram, que deixaram o assunto mais claro e que vai facilitar pra você também.

Segue... 

quinta-feira, 2 de janeiro de 2014

Análise: Call of Duty: Ghosts

Call of Duty Ghosts é o mais novo game da série Call of Duty, sendo o décimo jogo da franquia. Foi lançado em 5 de Dezembro de 2013 pela Activision, e produzido pela Infinity Ward junto com a Raven Software e Neversoft
O jogo saiu para Xbox 360, PlayStation 3, Wii U, PC e posteriormente para PlayStation 4 e Xbox One juntamente com o lançamento dos consoles. 

Single Player -  Campanha
CoD Ghosts não agradou muito, foi bastante criticado. Os gráficos estão mais elaborados, mas nada surpreendente; está com uma boa jogabilidade, mas a Campanha muito parecida com os jogos anteriores da franquia, especialmente da série Modern Warfare. 

Os personagens principais do game são os Ghosts. Eles são uma força de operações especiais norte americanas, que realizam missões clandestinas, fora da linha do inimigo. Eles são liderados por Elias Walker, ex-capitão do Exército Americano. Com ele estão seus dois filhos Logan e David, junto com Booth e Neptune e o pastor-alemão Ryler.
Ah, inclusive o cachorro é uma das novidades do jogo, em algumas missões podendo ser controlado pelo jogador, mas não foi muito explorado, já que aparece poucas vezes em cena. 

O principal antagonista é Gabriel Rorke, ex-Ghost que após ser deixado para trás numa missão, foi capturado pelo inimigo e torturado, se tornando assim um aliado da Federação.

No enredo, os países da América do Sul produtores de petróleo, constituídos por Brasil, Venezuela e Chile se tornaram a superpotência Mundial, após ter ocorrido uma crise no Oriente Médio por conta de uma guerra, o que abalou sua economia e estrutura. Com isso, para proteger sua produção, as três nações forma a "Federação das Américas" e usam uma arma espacial dos Estados Unidos chamada de "Odin" contra o próprio país, criando um conflito que dura mais de 10 anos.







O jogo começa com Elias contando aos filhos a 'lenda' dos Ghosts, e depois de um terremoto causado pelo Odin, somos levados ao espaço, aonde começa o nosso combate.

O cenário de luta está mais diversificado e bonito. Além da introdução no "Espaço", temos que enfrentar inimigos até debaixo d'água, o que aumenta um pouco a dificuldade e a diversão. 
Outra pequena mudança foi o modo da mira, que algumas vezes fica mais movimentada, dando mais realismo. 

Multiplayer
A parte mais esperada do game com certeza é o Multiplayer, e CoD Ghost apresentou algumas melhorias pro jogo ficar mais interessante.


As partidas estão mais rápidas, você mata e morre em pouco tempo, e em questão de segundos seu personagem volta em cena novamente. Isso pode ser considerado bom pra aqueles que não querem perder tempo, e também ruim, pois dá a impressão de que ser morto não é mais uma coisa tão punitiva.


Outra novidade é o modo de personalização mais aprimorado. Você pode escolher o sexo do soldado, a aparência, uniforme, equipamentos e mais uma série de coisas. 
Quando o jogador sobe de nível ele ganha o chamado "pontos de pelotão" que permite destravar novos itens de personalização, equipamentos como granadas, miras melhores paras as armas e etc. 

Os mapas do Ghosts estão bem dinâmicos e grandes, chegando a 15 contando com o "Free Fall", para os que fizeram a pré-reserva. Os outros quatorze são: "Chasm", ″Flooded″, ″Freight″, ″Octane″, ″Overlord″, ″Prison Break″, ″Siege″, ″Sovereign″, ″Stonehaven″, ″Stormfront″, ″Strikezone″, ″Tremor″, ″Warhawk″ e ″Whiteout″. 

No geral, a Campanha não muda muita coisa das anteriores... Call of Duty continua com sua base; o jogador só precisa seguir a equipe numa série de tiroteios nas fases que apresentam. Mas o jogo fica com nota 8, e vale a pena comprar, principalmente pelo Multiplayer, que é o grande destaque. 

quarta-feira, 1 de janeiro de 2014

Playlist: Vocaloid


Primeiramente, o que seria os Vocaloid's? Basicamente, Vocaloid é um software, um programa de síntese de voz, desenvolvido pela Yamaha, ou seja, ele sintetiza a voz humana para um banco de voz, onde pode ser criado as melodias. 
Uma pessoa, ou empresa (na maioria das vezes) compra o Software, que vem com seu respectivo personagem (cada "pacote" vem com um personagem, que tem o seu tipo de voz) e compõe as canções. 
A empresa criadora do software não é responsável pela criação das músicas. 

Existem hoje muitos Vocaloids, mas os mais famosos são: Hatsune Miku, Megurine Luka, Kagamine Rin e Kagamine Len. 

Mas bem, esse post será para falar das Músicas, um playlist das minhas preferidas.


1. Rolling Girl - Hatsune Miku 



2. Two Faced Lovers - Hatsune Miku

3. World is Mine - Hatsune Miku

4. Magnet - Megurine Luka & Hatsune Miku

5. Daughter of Evil - Kagamine Rin

6. Love is War - Hatsune Miku

7. Eh? Ah, sou - Hatsune Miku

8. Just be Friends - Megurine Luka

9. Puzzle - Hatsune Miku

10. Levan Polka - Hatsune Miku

11. Kocchi  Muite Baby - Hatsune Miku

12. Albino - Hatsune Miku

13. Iroha Uta - Kagamine Rin

sábado, 21 de dezembro de 2013

Filmes para o fim de semana

Vou recomendar aqui dois filmes que vocês precisam assistir, e literalmente, é uma ordem do Spock.

Star Trek
Ano: 2009
Dirigido por: J.J. Abrams
Duração: 2h08

Sinopse: James Tiberious Kirk (Chris Pine) é um jovem rebelde inconformado com a morte de seu pai. Certo dia, recebe convite para fazer parte da formação de novos cadetes para a Frota Estelar. Uma vez lá conhece Spock (Zachary Quinto), um vulcano que optou por deixar seu planeta porque é metade humano e discordava do preconceito. Durante o treinamento, e também na primeira missão, os dois vivenciam novas experiências provocadas por seus estilos diametralmente opostos. Assim, Spock, o cerebral, e Kirk, o passional, viverão uma grande aventura ao lado de outros tradicionais integrantes da tripulação da U.S.S. Enterprise, a mais avançada nave espacial da época.

Esse é o 11º filme da Franquia. Ficou mais interessante pela participação de Leonard Nimoy, o Spock Original da Série Star Trek. 
O filme foi indicado à 4 Oscars, vencendo na categoria de Melhor Maquiagem e sendo o primeiro filme da franquia a receber o prêmio.
Assistir online: Dublado 

Star Trek: Além da escuridão
Titulo original: Star Trek Into Darkness
Ano de lançamento: 2013
Dirigido por: J. J. Abrams
Duração: 2h10

Sinopse: Em sua nova missão, a tripulação da nave Enterprise é enviada para um planeta primitivo, que está prestes a ser destruído devido à erupção de um vulcão. Spock (Zachary Quinto) é enviado para dentro do vulcão, onde deve deixar um dispositivo que irá congelar a lava incandescente. Entretanto, problemas inesperados fazem com que ele fique preso dentro do vulcão, sem ter como sair. Para salvá-lo, James T. Kirk (Chris Pine) ordena que a Enterprise saia de seu esconderijo no fundo do mar, o que faz com que a nave seja vista pelos seres primitivos que habitam o planeta. Esta é uma grave violação das regras da Frota Estelar, o que faz com que Kirk perca o comando da nave para o capitão Pike (Bruce Greenwood). A situação muda por completo quando John Harrison (Benedict Cumberbatch), um renegado da Frota Estelar, coordena um ataque a uma biblioteca pública, que oculta uma importante base da organização. Não demora muito para que Kirk seja reconduzido ao posto de capitão da Enterprise e enviado para capturar Harrison em um planetóide dentro do império klingon, que está à beira de uma guerra com a Federação.

Esse filme é o 12º filme, que vem seguindo do Star Trek de 2009.

Assistir online: Dublado


quinta-feira, 12 de dezembro de 2013

Resenha: Luna Clara & Apolo Onze


Autora: Adriana Falcão
Ilustrações: José Carlos Lollo
Editora: Salamandra
Nº de páginas: 328

''Tudo se passa na Região de Desatino. Esta é a história de Luna Clara e Apolo Onze, mas é também a história de Doravante e Aventura, de Leuconíquio e Noctâmbulo, de Pilhério e Erudito, de Imprevisto e Poracaso, de coincidências e desencontros, de sorte e azar... Mas esta história pode ser também a sua história.''


O modo com que Adriana conta a história é muito divertido e diferente, e apesar do número de páginas eu li o livro em menos de 2 dias, pois realmente a história nos prende. Eu tenho ele aqui a mais de 4 anos mas nunca havia me interessado em ler, e ele estava meio perdido numa bagunça, mas antes de ontem eu o encontrei, e parecia estar me convidando para ler (sim, é verdade) então não pude recusar e não me arrependi.

A autora conta duas histórias paralelas, a de Luna Clara que mora em Desatino do Norte e passa as tardes sentada na estrada esperando seu pai Doravante com seu cavalo Equinócio e a chuva, que Luna ainda não conhecia, e a de Apolo Onze, que mora em Desatino do Sul; um garoto que desejava desejar algo. 


A capa como podem ver já é interessante, chama atenção e aí você começa a ler e se surpreende ainda mais.
A linguagem usada é muito divertida, assim como o modo de como ela narra a história.
O nome dos personagens são muito criativos e engraçados, ainda mais a personalidade de cada um, sem contar que são muitos. 

O livro é cheio de encontros e desencontros.
Doravante e Aventura se conheceram na festa de nascimento de Apolo Onze [festa essa que durou desde o nascimento, até os dias atuais do garoto, agora com 13 anos sem interrupções], casaram no dia seguinte e no outro se desencontraram. Doravante perdeu sua sorte, sua amada e também o sol, pois a parti dali uma chuva passou a chover em sua cabeça. Foi ali, bem no meio do mundo, no Vale da Perdição. No mesmo lugar mais tarde, o pai de Aventura, Erudito, perde suas 45.578 histórias que guardava na cabeça; suas outras filhas Divina e Odisséia perdiam seus amados, Imprevisto e Poracaso, e o papagaio intelectual da família, Pilhério. E é nesse perde-e-acha que as vidas de Luna e Apolo acabam se cruzando.

Bem no começo, na orelha do livro tem um comentário de Ziraldo "(...) Agora estou diante de Luna Clara & Apolo Onze. Outra vez a sensação. Adriana aqui reinventa não só a narrativa como a linguagem. Ela reinventa a maneira de contar uma história. E faz isso com mãos de mestres , com um nível de invenção que não conheço em outros autores brasileiros. Ela chego arrasando. Sei que esse livro é bom, bom mesmo, porque vocês precisam ver a extensão da minha nova inveja!". Sem mais.

quarta-feira, 11 de dezembro de 2013

Playlist: Nacionais


Aqui algumas das músicas nacionais que estou escutando ultimamente.
... É o que o momento pede.

1. Tempo Perdido - Legião Urbana
2. Pintura íntima - Kid Abelha
3. O segundo sol - Cássia Eller
4. Pra você guardei o amor - Nando Reis
5. Um minuto para o fim do mundo - CPM22
6. Admirável Chip Novo - Pitty
7. Exagerado - Cazuza
8. No seu lugar - Kid Abelha
9. Alice não me escreva aquela carta de amor - Kid Abelha
10. Malandragem - Cássia Eller
11. Pulsos - Pitty
12. O tempo não para - Barão Vermelho
13. Índios - Legião Urbana
14. Só hoje - Jota Quest
15. Tendo a Lua - Os paralamas do Sucesso 



segunda-feira, 9 de dezembro de 2013

Extrativismo

http://www.ciflorestas.com.br/conteudo.php?id=3427

Extrativismo é a atividade de extrair da natureza os recursos que está à disposição do homem sejam estes produtos de origem animal, vegetal ou mineral.
É considerada a mais antiga atividade humana, antecedendo a agricultura, a pecuária e a indústria. O extrativismo é praticado mundialmente através dos tempos por todas as sociedades.
O extrativismo foi a primeira atividade econômica realizada no Brasil, através da exploração do pau-brasil pelos colonizadores portugueses. Dessa árvore é extraído um pigmento avermelhado, utilizado no tingimento de tecidos.

http://www.escolakids.com/extrativismo.htm

Existem diferentes tipos de extrativismo, com destaque para o vegetal, mineral e animal:

Extrativismo vegetal: consiste na retirada de recursos de origem vegetal. No Brasil, em especial na Região Norte, é muito comum o extrativismo de madeiras, castanhas, açaí e látex (que é uma seiva extraída da seringueira), muito utilizado para a fabricação de borracha.
Não devemos confundir extrativismo vegetal com agricultura. No extrativismo, o homem somente coleta os recursos que a natureza lhe proporciona; na agricultura, o homem faz a colheita daquilo  que plantou e cultivou. O extrativismo vegetal também é chamado de coleta vegetal.

http://www.sogeografia.com.br/Conteudos/GeografiaEconomica/extrativismo/

Extrativismo mineral: é a extração dos minerais úteis que existem na crosta terrestre, é caracterizado pela exploração de recursos minerais do subsolo, como o ouro, manganês, diamante, bauxita, minério de ferro, água mineral, petróleo, cobre, cobalto, urânio, prata, entre tantos outros. O extrativismo mineral também recebe o nome de mineração.

http://www.infoescola.com/geografia/extrativismo-mineral-no-brasil/

Extrativismo animal: é uma modalidade de extrativismo na qual ocorre a captura de animais, como a caça (ilegal no Brasil, exceto para as comunidades indígenas) e a pesca, devendo obedecer a determinadas regras – período de reprodução dos peixes e peso.

http://www.muitotudo.com/extrativismo-animal-no-brasil/

Apesar de muito importante para a sobrevivência do homem e para o desenvolvimento econômico, o extrativismo pode desencadear vários problemas socioambientais: redução da biodiversidade, extinção de espécies animais e vegetais, poluição, modificações do solo, etc.
O extrativismo deve ser realizado sempre de forma a respeitar a natureza. O extrativismo predatório pode provocar sérios danos ao meio ambiente. O corte de madeira ilegal, por exemplo, pode gerar a desertificação das regiões afetadas, alterando o clima e trazendo fortes impactos para o ecossistema.

Fontes:

O que fazer nas férias?! ~ Parte 2

Depois de ter citado algumas  ideiazinhas para curtir as férias [a parte 1] quero continuar a lista, com novas ideias que me surgiram. Lembrando que, essas coisas é basicamente para quem não vai viajar, não tem nenhum plano pra curtir esses quase-dois-meses de descanso.


Aprenda tocar algum instrumento
Hoje em dia na internet a gente pode aprender basicamente tudo! Para aprender tocar algum instrumento - violão, guitarra, piano, etc - não é muito difícil tendo vários vídeo-aulas espalhadas pela Web. E é uma coisa de lazer, um hobbie, principalmente para os amantes de músicas.


Organize seu quarto
Não custa nada tirar um tempinho para arrumar todo o quarto - não aquela arrumação de quem é obrigado pela mãe - mas pra deixar bonito! Tire tudo do guarda-roupa e deixe bonitinho, jogue fora o que não presta mais, decore o quarto, cole posters na parede, arrume prateleiras, e etc. Sem perceber isso se torna uma coisa bem legal. 


Estude!
Sim, é isso mesmo que leu, e não, não é uma ideia absurda. 
A maioria das pessoas não querem nem tocar num caderno durante as férias, mas se pensarmos bem, isso pode ser muito bom. Primeiro, você pode se adiantar na matéria do ano seguinte pra não ter tanta dificuldade em aprender quando for preciso mesmo. Segundo, já pode ir se preparando para alguma prova importante, vestibular. Quem for fazer Enem ano que vem tem a OBRIGAÇÃO de começar logo com a maratona de estudos, e por mais que as férias sejam pra descansar, isso não se torna cansativo quando está estudando com tempo. 


Crie um Blog ou Vlog
É muito fácil criar um blog ou um canal no Youtube para postar vídeos, e é muito interessante.
Quando criei esse meu foi mais para aprender o básico em linguagem de programação [Html, Css] que é a área em que quero trabalhar mas acabei gostando muito disso, pois num blog a gente pode expor nossas ideias sobre qualquer assunto, de maneira anônima ou não, e isso vira até um vício. - Toda postagem que eu faço demoro no mínimo 1 hora, pesquisando, escrevendo e reescrevendo, e pra mim que não tenho nada pra fazer é ótimo, principalmente porque nem vejo o tempo passar e me divirto. A coisa melhor é ver que está dando 'resultado'; as pessoas estão lendo, comentando... por mais que não ganhe nada, é uma realização. 
Acredito que para um Vlog é muito mais divertido, desde a gravação até a edição; é mais pra quem gosta de conversar, é extrovertido, se comunica bem...! 
Eu recomendo. 



Bom, é isso por agora, espero que tenham se interessado por alguma dessas coisas, pois essa listinha é voltada mais pra assuntos didáticos. 


sábado, 7 de dezembro de 2013

Fontes de Energia

Energia

Energia é um termo que deriva do grego "ergos" cujo significado original é trabalho. Energia na Física está associado à capacidade de qualquer corpo produzir trabalho, ação ou movimento.
A energia não pode ser criada, mas apenas transformada (primeiro princípio da Termodinâmica) e cada uma capaz de provocar fenômenos determinados e característicos nos sistemas físicos.

A História da Energia

http://www.cury.net/blog/index.php/2012/04/30/saiba-como-diminuir-o-consumo-de-energia-na-sua-casa/

Pode-se dizer que a mais primitiva das formas de energia é a humana, produzida pelos músculos dos nossos corpos a partir das calorias ingeridas na alimentação.
Com a descoberta do fogo, o homem passou a tirar proveito da energia térmica, melhorando seu modo de vida e conseguindo avanços técnicos como a fundição de metais, a preparação de cerâmicas e a criação de novos utensílios.
Muito tempo atrás, os navegadores que se aventuravam pelos mares fizeram uso da energia eólica, por meio das velas de suas embarcações, o que propiciou a descoberta de novas terras, como aconteceu com o Brasil. Também foram importantes nessa época os moinhos de vento e água.
Com o surgimento da máquina a vapor, na Revolução Industrial, a lenha e o carvão mineral passam a ser utilizados em grande escala como fontes de energia.
Após a Revolução Industrial, teve início a utilização massiva dos combustíveis fósseis, principalmente o petróleo, que são importante fonte de energia até hoje e também grandes poluidores do meio ambiente.
No século XIX, os cientistas começaram a tornar útil um novo tipo de energia: a energia elétrica, que veio para mudar definitivamente a vida das pessoas. E, em meados do século XX, foi descoberta a energia nuclear.
O homem busca e sempre buscou novas fontes de energia, fato que foi agravado quando se percebeu que as reservas de combustíveis fósseis são limitadas e que algumas das fontes de energia poluem seriamente nosso planeta.
Hoje, muita importância é dada à energia renovável, obtida de fontes naturais capazes de se regenerar e, portanto, inesgotáveis. Os tipos de energia renovável mais conhecidos são: biomassa, hidráulica, solar e eólica.

Fontes de Energia

Em nosso planeta encontramos diversos tipos de fontes de energia. Elas podem ser renováveis ou esgotáveis. Por exemplo, a energia solar e a eólica (obtida através dos ventos) fazem parte das fontes de energia inesgotáveis. Por outro lado, os combustíveis fósseis (derivados do petróleo e do carvão mineral) possuem uma quantidade limitada em nosso planeta, podendo acabar caso não haja um consumo racional.

Energia Hidráulica – por causa da grande quantidade de rios existentes no Brasil, esta é a fonte de energia mais utilizada por aqui. Em uma usina hidrelétrica existem turbinas que, com a queda d’água, fazem funcionar um gerador, produzindo energia elétrica. Por mais que a implantação de uma usina provoque impactos ambientais na fase de construção da represa, esta é uma fonte considerada limpa.

http://ipevs.org.br/blog/?tag=fontes-de-energia

Energia Fóssil – oriunda do acúmulo de materiais orgânicos no subsolo por milhões de anos. Considerada uma fonte poluidora, contribui com o aumento do efeito estufa e do aquecimento global, principalmente nos casos dos derivados de petróleo (diesel e gasolina) e do carvão mineral. O gás natural libera uma quantidade de poluentes bem menor.

http://blogao6ano.blogspot.com.br/2012/10/fontes-de-energia.html

Energia Solar – pouco explorada em função do custo elevado para ser obtida, é uma fonte limpa e não gera poluição nem impactos ambientais. A radiação solar é captada e transformada para gerar calor ou eletricidade.

http://www.riograndedonorte.net/2013/04/11/empresa-alema-de-energia-solar-investira-r-5-milhoes-no-rn/

Energia de Biomassa – é a energia gerada a partir da decomposição, em curto prazo, de materiais orgânicos (esterco, restos de alimentos, resíduos agrícolas) para a produção de energia térmica e elétrica. O gás metano produzido é usado para gerar energia.

http://efab3e7.webnode.pt/energias-renovaveis/energia-biomassa/

Energia Eólica – é obtida a partir do vento. Grandes hélices são instaladas em áreas abertas e ao girarem produzem energia elétrica. É uma fonte limpa e inesgotável, contudo, ainda pouco utilizada.

http://reativanarede.blogspot.com.br/2013/03/energia-eolica-mercado-promissor-para.html

Energia Geotérmica – nas camadas profundas da crosta terrestre existe um alto nível de calor, e algumas usinas podem utilizar este calor para acionar turbinas e gerar energia elétrica. Ainda é pouco utilizada.

http://www.brasilescola.com/geografia/energia-geotermica-1.htm

Energia Gravitacional – é gerada aproveitando-se o movimento das águas oceânicas nas marés. Por ter um custo elevado, ainda é pouco utilizada. Mas alguns especialistas em energia afirmam que, no futuro, esta será uma das principais fontes de energia do planeta.

http://etecgeo.blogspot.com.br/2012/11/as-ondas-e-as-mares.html

Energia Cinética – é a energia presente em um corpo em movimento. Por exemplo, um carro em alta velocidade possui uma grande quantidade de energia cinética. Quando ele bate em uma parede e desacelera, toda a energia cinética é utilizada para amassar o carro.

http://pt.wikipedia.org/wiki/Montanha-russa

Energia Elétrica – gerada pela diferença de potencial elétrico entre dois pontos, a qual permite a formação de uma corrente elétrica entre ambos. Mediante uma transformação adequada, é possível que tal energia seja utilizada para vários usos, como luz, movimento ou calor. É uma das formas de energia que o homem mais utiliza atualmente, graças à sua facilidade de transporte e baixo índice de perda energética durante conversões. A energia elétrica é produzida principalmente em usinas hidrelétricas, termelétricas e eólicas.

http://colorindoajustica.blogspot.com.br/2012/03/liminar-para-instalacao-de-energia.html

Energia Térmica – Aquela que é desenvolvida através do calor. Uma panela de água no fogão vai produzir muito vapor de água que sai sob pressão. Veja uma panela de pressão. O vapor sai pela válvula com muita força.

http://www.manutencaoesuprimentos.com.br/conteudo/3615-energia-termica-como-fonte-alternativa-de-energia/

Energia Nuclear (Atômica) – é produzida a partir da fissão ou fusão do núcleo do átomo, processo que libera uma quantidade muito grande de calor. A fissão nuclear do urânio é a principal aplicação civil da energia nuclear. O urânio é um elemento químico que possui muita energia. Quando o núcleo é desintegrado, uma enorme quantidade de energia é liberada. As usinas nucleares aproveitam esta energia para gerar eletricidade. Embora não produza poluentes, a quantidade de lixo nuclear é um ponto negativo.Os acidentes em usinas nucleares, embora raros, representam um grande perigo.

http://pt.wikipedia.org/wiki/Energia_nuclear

Energia Química – liberada a partir de uma reação química. Por exemplo, jogue uma colherinha de qualquer remédio efervescente em um copo com água. Em poucos segundos surgirão várias bolhas produzidas pela energia química que está sendo liberada.

http://aninhaestudante.blogspot.com.br/2007/12/energia-da-batata-por-igor.html

Energia Humana – produzida pelos músculos do corpo humano. Quando uma pessoa transporta uma cadeira de um local para outro, ela está utilizando a energia humana.

http://extra.globo.com/noticias/bizarro/na-india-roda-gigante-movida-energia-humana-3386817.html

Energia Animal – gerada pelos músculos do corpo dos animais. Por exemplo, um cavalo consome energia animal quando puxa uma carruagem ou um arado agrícola.

http://joaon.weblogs.us/2007/10/11/a-energia-da-imaginacao-digo-do-sol/

Fontes:


http://www.redenergia.com/estudantes/fontes-de-energia/
http://www.suapesquisa.com/cienciastecnologia/fontes_energia.htm
http://www.redenergia.com/estudantes/historia-da-energia/
http://www.significados.com.br/energia/

Para complementar os estudos...

Vídeo aulas:

http://www.youtube.com/watch?v=6LXmgdiz53w
http://www.youtube.com/watch?v=0Ah7wxRJSt4